LUA CHEIA EM TOURO

Com o Sol já em Escorpião e a Lua Cheia em Touro ganha-se consciência do potencial transformativo a manifestar no mais íntimo dos nossos relacionamentos, começando pelo relacionamento com o próprio Eu. Alcança-se a verdade dos nossos mais altos valores, do que nos dá prazer, da arte à sensualidade…

A luz do Sol em Escorpião ilumina as questões:
Quais são os pedaços de mim guardados na sombra, aqueles que por receio tenho negado mas que inevitavelmente virão à luz para serem reconhecidos, perdoados, integrados, transmutados e assim, ao enfrentá- los e assumi-los, crescer no meu próprio poder pessoal, na expansão da minha consciência e sentido de realização da minha Alma … ?
Que modos de estar ou pensar, que coisas já não servem e é preciso deixar ir para dar lugar ao novo?
Como vivo a minha intimidade e sexualidade e se o faço com alguém, com quem a partilho?
Sinto-me em plenitude ou o que posso fazer para chegar lá?
O que desperta a minha paixão? Nutro a minha paixão?

O reflexo da Lua em Touro traz luz aos seguintes temas:
Quais são os meus valores? Vivo de acordo com eles?
O que me sustenta? Vivo em harmonia com a Terra e os seus recursos? Quais os prazeres que a vida me oferece? Expresso a minha gratidão? Em que áreas da vida posso tornar a minha experiência mais deliciosamente sensual… ?

Abre-se a porta para uma tomada de consciência de como podemos transformar a vida de modo a que se torne mais prazerosa.

Touro é um signo de Terra regido por Vénus, a Deusa do Amor. A sua influencia nesta Lua é significativa.
Quem durante estes dias acordar de madrugada e olhar para os céus antes do nascer do Sol poderá ver Vénus radiosa em conjunção com Jupiter e Marte numa configuração mágica e rara.

Júpiter, o grande mestre, traz as suas bênçãos à união de Vénus com Marte, o Divino Feminino e o Divino Masculino juntos. Todos no signo de Virgem, também este um signo de Terra.
A Deusa Terra Mãe e também a Deusa Sensual e da Abundância jogam forte nesta Lua.

Virgem chama à organização seja do roupeiro, seja da rotina diária, a optimizar os recursos e a produtividade, a trabalhar com a Terra, a estar ao serviço, a cuidar da saúde, ao respeito e ao reconhecimento do Sagrado na Natureza.

Vénus, o Feminino e Marte, o Masculino, trabalhando juntos nesse sentido apoiados por Júpiter, o rei dos planetas que expande tudo aquilo em que toca.
Não será por acaso que a Organização Mundial de Saúde lançou ontem o alerta que o consumo de comida processada e o excesso de consumo de carne são cancerígenas e prejudiciais para a saúde. Na verdade a indústria da carne e do processamento de alimentos é extremamente poluente e causa enorme sofrimento, não só aos animais como às pessoas.

Esta Lua Cheia tão conectada com a Mãe Terra, com a conjunção de Vénus, Marte e Jupiter em Virgem a reflectirem a consciência do que é saudável, não só a nível pessoal mas a nível da vida na Terra, do cuidado com os recursos naturais e a vida animal.

Como integrar estes aspectos na vida pessoal? Tomar consciência é o primeiro passo. Onde a Lua está Cheia no Mapa Natal de cada um trará ênfase a uma área específica da vida.
Onde a conjunção de Vénus, Marte e Júpiter se encontram trarão expansão também a uma área específica.

E a nível social, o que se observa?

Em Portugal continua o impasse criado pelo resultado das eleições legislativas realizadas durante Mercúrio retrógrado. Prenúncio de desconstrução do seu resultado…

Observamos o rosto do velho poder a querer agarrar-se a uma realidade que já não tem força pois nessa realidade do velho mundo não há justiça nem equilíbrio social, não há sustentabilidade nem possibilidade de futuro. Há uma exploração exacerbada de recursos naturais e humanos que põem em causa a continuidade da vida na Terra para as gerações futuras…

O tempo é de Mudança. Um longo ciclo terminou e outro já começou.

No ciclo que começa a energia joga a favor do equilíbrio entre o principio feminino e o principio masculino, da salvaguarda dos recursos que a natureza põe à disposição da Humanidade e que são tão ricos que se bem geridos, chegarão para todos.

Praticas de sustentabilidade passando pela Permacultura, aprender a plantar a própria comida, seja em vasos, telhados verdes ou hortas

comunitárias para quem vive em meios urbanos, seja em terrenos familiares, quintas, comunidades onde todos se entreajudam, onde cada um tem talentos específicos para partilhar e onde todos são importantes.

Onde se reforça a economia local e se implementam sistemas de trocas para ir diminuindo a dependência do dinheiro gerido pela banca e pelos produtos produzidos pelas grandes multinacionais que controlam a economia mundial e só jogam a favor dos seus próprios interesses.

O resultado destas eleições põe em causa o próprio sistema. Faz perceber como estamos todos dependentes uns dos outros e obriga ao diálogo entre as partes. Onde há problemas encontram-se soluções. Pede que sejamos criativos juntos.

Não é a alternância de partidos políticos que vai levar o país ou o mundo avante.
Será uma revisão e mudança profunda do sistema de modo a que se torne ele próprio justo, equilibrado e sustentável, de acordo com as leis da Natureza, para que possamos prosperar.

Portugal tem a oportunidade de dar o exemplo ao Mundo de que sim, é possível e é necessário.
Os que se habituaram a estar no poder, sejam dirigentes políticos ou os poderes escondidos dos que governam a banca e as grandes indústrias multinacionais, governando em função dos seus próprios interesses vêem- se agora a par com uma situação de mudança eminente. Os seus medos vêm ao de cima…

Também para eles está na hora de trabalhar o desapego…

Para eles e para todos nós. Trabalhar o desapego e deixar ir tudo aquilo que já não serve, sejam formas de pensar ou agir, hábitos alimentares e de consumo, seja um relacionamento que já não dá frutos, seja dar o que temos a mais a quem precisa ( como por exemplo, roupa que já não serve mas ainda ocupa espaço no roupeiro ), seja um trabalho, seja o governo de um país.
Ser capaz de perdoar a quem nos magoou e assim deixar ir a mágoa para dar lugar à alegria…

Acreditar que assim que criamos espaço nas diferentes áreas da nossa vida, logo a Existência se encarrega de a preencher com algo novo muito mais apropriado à energia do tempo em que vivemos e às aspirações maiores que as nossas Almas desejam.

Não é fácil, leva o seu tempo mas para lá caminhamos… todos juntos nesta gota azul de água que é o nosso Planeta Terra dançando em espirais pela imensidão do Universo…

Inspiração: Aceitando a transformação e inerente mudança poderemos verdadeiramente saborear os frutos da vida.

Bençãos de Luz e Harmonia!

Cristina Moreira


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: